Header

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

'Angry Birds' querem dominar o mundo

A empresa finlandesa Rovio, conhecida por seu popular jogo "Angry Birds", em que pássaros irados são catapultados contra porcos verdes ladrões de ovos, sonha em destronar a Nokia, indicou um de seus criadores.

http://technode.com/wp-content/uploads/2011/05/Rovio-CEO-Peter-Vesterbacka-Angry-Birds-small.jpg

Peter Vesterbacka, diretor de marketing da Rovio, delineou as ambições globais de sua empresa durante a conferência Fortune Brainstorm Tech, em uma estação de esqui no Colorado.

Vestindo um casaco de moleton vermelho brilhante com uma imagem de um "Angry Bird" na frente, Vesterbacka, cujo apelido é "Mighty Eagle" (Águia Poderosa), afirmou que os downloads do jogo viciante Angry Birds já atingiram 300 milhões.

"Este é um número bom, mas nosso objetivo é ser a primeira marca com um bilhão de fãs", disse.

A Rovio lançou o Angry Birds como um aplicativo do iPhone em 2009, mas agora o jogo encontra-se disponível em muitos outros dispositivos, incluindo smartphones Android, iPad, PlayStation 3 e até mesmo através do buscador da web Google Chrome.

A empresa tem atualmente 120 milhões de usuários ativos em dispositivos móveis.

O Angry Birds resume-se a catapultar pássaros contra fortalezas construídas por porcos verdes ladrões de ovos, mas Vesterbacka afirma que a Rovio "não é uma empresa de games".

"O que estamos construindo é uma franquia de entretenimento da próxima geração", afirmou. "Acredito que somos a que mais cresce".

Vesterbacka explicou que a Rovio adquiriu um estúdio de animação e começou a produzir curtas-metragens de dois minutos de duração do Angry Birds, além de um longa-metragem para daqui a dois ou três anos.

"Estamos trabalhando em novas experiências com o Angry Birds", explicou. "Vamos mostrar um pouco mais da história do Angry Birds".

O executivo da Rovio afirmou que o próximo projeto da empresa é seu primeiro livro.

"É o livro de receitas do Angry Birds", afirmou.

"Teremos três diferentes livros sendo lançados neste ano", disse Vesterbacka. "E estamos produzindo nós mesmos porque podemos".

Quando perguntado por uma pessoa da plateia sobre quanto do sucesso do Angry Birds pode ser atribuído à "sorte", Vesterbacka pareceu ficar um pouco... "Angry".

"Em primeiro lugar, somos muito analíticos e o Angry Birds foi criado para ser um sucesso", afirmou. "Tentamos eliminar a sorte em todos os estágios do processo".

Em segundo, "criamos 51 jogos antes do Angry Birds, então não é como se fôssemos um sucesso da noite para o dia", disse.

Vesterbacka também explicou que a Rovio expandiu a franquia Angry Birds do mundo virtual para o real, apesar de ter sido alertada por diversas vezes de que isso não funcionaria.

"Nos disseram várias vezes que não deveríamos fazer filmes, livros, brinquedos", afirmou. "Vendemos cerca de oito milhões de brinquedos".

Não é "ciência de foguetes", ele continuou. "Se você é uma marca forte, se você tem um forte apoio de fãs você pode fazer qualquer coisa".

No final da conversa, Vesterbacka foi perguntado se a Rovio poderia um dia destronar a fabricante de telefones celulares Nokia como a empresa mais importante da Finlândia.

"Sim", o "Mighty Eagle" respondeu, antes de caminhar para fora do palco e jogar um Angry Bird de pelúcia amarelo contra a multidão.

Fonte: Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário